Razões para o sabor azedo do limão

Um fato misterioso é que o limão é azedo, embora seu gênero tenha um sabor doce.

Razões para o sabor azedo do limão

Sabor azedo como proteção

Muitas árvores frutíferas e arbustos deram um sabor ao fruto no processo de séculos de desenvolvimento. Quanto mais ao norte, mais plantas são encontradas com frutos ou bagas azedas. O limão é um representante típico de regiões subtropicais com sabor azedo.

O ácido na fruta é projetado para afastar pragas: insetos, pássaros e animais. Apesar do limão azedo, alguns representantes da fauna (mais frequentemente - macacos) gostam de se deliciar com frutas cítricas e invadir os jardins. Para algumas aves, o sabor da fruta não importa: eles comem a colheita primeiro e depois a levam para frutas e bagas azedas e até amargas.

O ácido desempenha um papel importante na semeadura natural de sementes de limão. Os melhores transportadores de sementes são os mesmos pássaros ou animais. Eles comem cítricos, mudam-se para outro local, e as sementes saem com segurança do corpo junto com as fezes.

Ácido, neste caso, desempenha o papel de protetor e assistente:

  • a presença de compostos ácidos alcaliniza o suco gástrico, impedindo a degradação excessiva de todos os elementos do limão no trato gastrointestinal;
  • a exposição leve e suave ao ácido dentro do corpo de um animal ou pássaro a temperaturas acima de 36 ° C amolece levemente a casca dura externa das sementes, ajudando-as a germinar e enraizar mais rapidamente;
  • uma fruta podre atua como fertilizante primário para uma futura planta jovem, mas as fezes são um curativo mais saturado para o broto de uma árvore.

Composição química do ácido

O sabor azedo do limão é frequentemente associado ao seu armazém de produtos químicos. Os componentes da fruta são saturados com substâncias e minerais úteis, portanto, mesmo um sabor tão brilhante não impede as pessoas de consumir ativamente citros para alimentos e para outros fins.

A composição química do limão inclui:

  • vitaminas do grupo A, B (B1, B2, B5, B6, B9), PP, E, C;
  • macronutrientes: enxofre, cloro, fósforo, magnésio, cálcio, potássio, sódio;
  • oligoelementos: zinco, ferro, cobre, manganês, flúor, boro, molibdênio;
  • fibra alimentar;
  • flavonóides e óleos essenciais;
  • ácidos graxos e orgânicos;
  • mono- e dissacarídeos;
  • água.

A vitamina C confere ao limão um sabor amargo

A alta acidez é explicada pelo baixo teor de açúcar na fruta. São apenas 2, 5 g por 100 g de produto e em pequenos cítricos - até 1, 5-2 g por 100 g de produto. Nos limões verdes, o açúcar é ainda menor, porque são mais ácidos.

Todos os componentes químicos em combinação com ácidos e açúcar são dissolvidos em uma grande quantidade de água nos frutos. Representa cerca de 85-87% do volume total de frutas. Muitas vezes, melhora o sabor azedo do limão, porque com o processo de amadurecimento, seu nível na composição dos citros aumenta.

Acredita-se que o limão seja ácido devido ao alto teor de ácidos: cítrico, málico e galacturônico. A quantidade de ácidos vegetais na composição de 100 g de frutas maduras pode chegar a 5, 7-6 g, mas na natureza existem outras frutas, vegetais e até ervas, cujo nível de ácido é muito maior e o sabor não é tão pronunciado.

O limão contém uma grande quantidade de vitamina C, que também lhe confere um sabor amargo. Sua quantidade no feto atinge 40-53 mg por 100 g de produto.

O efeito do ácido de limão nos seres humanos

O agradável sabor azedo do limão é frequentemente usado na culinária. Polpa, suco e casca são adicionados a diferentes pratos: peixe, saladas, carnes, doces e sobremesas. Citrus é popular como aromatizante de chá em combinação com mel. Muitas dietas incluem este produto em seu armazém, porque tem um efeito de limpeza e tônico.

O ácido cítrico tem um efeito positivo no corpo. Em combinação com outros elementos químicos na composição de um limão, ele desempenha as seguintes funções:

  • melhora a circulação sanguínea e o sistema cardiovascular;
  • acelera o processo de digestão e metabolismo;
  • aumenta a imunidade na estação fria;
  • promove a cicatrização de feridas e a recuperação do corpo após doenças e operações;
  • remove toxinas do corpo e evita o aparecimento de micróbios e microorganismos patogênicos;
  • ajuda a produzir outras vitaminas e minerais benéficos nas células.

O ácido da fruta também é usado para cuidados com o corpo, adicionando cremes, máscaras, xampus, esfoliantes, etc. O limão ajuda a clarear a pele e as unhas, fortalece e brilha o cabelo, tonifica e rejuvenesce a pele. O ácido cítrico também combate com sucesso várias impurezas na casa, sendo adicionado a detergentes e produtos de limpeza. É capaz de quebrar gorduras e placas em pouco tempo.

Conclusão

O sabor azedo do limão supostamente apareceu como resultado do desenvolvimento evolutivo para proteger as sementes dos danos causados ​​por várias aves, insetos e animais. Agora, o ácido cítrico é explicado pelo conteúdo de vários produtos químicos e oligoelementos, que lhe conferem esse sabor. A fruta é valorizada pela qualidade e benefícios que ela traz para o corpo e, portanto, o sabor não é sua principal vantagem.

Recomendado

Teor de vitaminas na cenoura
2019
Descrição de Potato Assol
2019
Características variadas de noz-moscada abóbora Pearl
2019