Instruções de uso de fitosporina para tomates

As doenças do tomate podem incomodar um jardineiro experiente e um residente iniciante no verão. Com uma doença do tomate, como a praga tardia, apenas fluidos terapêuticos especiais com uma composição ativa estão lutando. Remédios populares não podem destruir a doença perigosa do tomate.

O uso de Fitosporin para tomates

A fitossporina para tomate é uma opção segura sobre como destruir fungos e pragas que ameaçam a cultura. As instruções para o medicamento permitirão que um iniciante entenda facilmente a dosagem. Para os tomates, a Fitosporina é usada em diferentes concentrações e para diferentes tipos de plantas.

Para que é utilizado o Fitosporin?

A chamada química, que muitos jardineiros temem, não é tão prejudicial, especialmente com a abordagem correta para pulverizá-la. Soluções baseadas em ingredientes naturais são completamente seguras. A fitosporina é uma cobertura, tratamento e profilaxia para tomates.

O medicamento, que ajuda a salvar a colheita e a curar as doenças mais comuns das plantas (usadas mesmo em estufas de mudas), protege não apenas os tomates, mas também as plantas vizinhas. A praga, fungos e pragas destroem rapidamente a colheita, se as mudas sofrerem, a morte das mudas não levará mais de 2 dias. Em tais circunstâncias, o jardineiro deve tomar medidas de emergência.

A composição dos fundos

A solução é usada para sementes, rizomas, mudas e arbustos plantados em área aberta. O tratamento e a prevenção de doenças do tomate requerem uma concentração diferente de substâncias ativas. A composição da solução benéfica inclui apenas componentes naturais: bactérias que fortalecem os mecanismos de proteção das plantas. Os principais componentes das preparações saturam a cultura com aditivos úteis, e os tomates conseguem lidar sozinhos com uma doença perigosa. Uma solução é usada para sementes e ovários amadurecidos.

Os esporos das bactérias benéficas que compõem a Phytosporin destroem microorganismos patogênicos que vivem no solo ou nas hastes da planta. O tratamento de sementes com bactérias benéficas fortalece as futuras mudas. A dosagem do medicamento (ingredientes ativos e aditivos seguros e úteis) para o tomate é selecionada tanto na estação quente quanto no momento do resfriamento.

Exposição ao composto ativo

Para processar parte das mudas, sementes ou arbustos doentes, é necessária uma pequena quantidade da solução preparada. Se você diluir adequadamente a ferramenta, a pulverização da cultura poderá ser realizada apenas 2-3 vezes ao ano.

O princípio de ação das bactérias ativas é simples:

  • Chegando ao chão, a solução a desinfecta: destrói fungos ou microorganismos patogênicos;
  • no caule ou nas sementes, a droga forma a película protetora mais fina que não transmite patógenos de doenças perigosas para o tomate;
  • o filme formado promove uma melhor saturação das hastes e sementes com a umidade.

As culturas vizinhas podem ser tratadas com solução residual. Esporos de microorganismos benéficos não prejudicam outras plantas, e o solo limpo não permitirá que pragas penetrem nas raízes dos tomates.

Formulário de liberação do produto

O uso muito amplo do produto requer a seleção da forma correta. Para sementes e arbustos, você pode comprar Fitosporin na forma de:

  • pastas;
  • pó.

O uso da forma da droga é devido à conveniência do jardineiro. A concentração de esporos de bactérias benéficas não depende da forma do produto. As instruções detalhadas contêm todas as informações necessárias sobre como espalhar adequadamente a pasta e o pó (a quantidade de água e possíveis aditivos úteis são indicados). Na maioria dos casos, somente a solução resultante pode ser pulverizada em culturas fracas: a solução permite tratar a planta inteira e distribuir uniformemente os esporos bacterianos.

O uso de pasta e pó ajuda a fortalecer o tomate a qualquer momento do ano, para que todas as formas de liberação possam ser armazenadas em uma sala seca por um ano. Um jardineiro prudente compra com antecedência agentes imunomoduladores para tomates. O processamento da planta ocorre após a diluição completa da pasta ou pó.

Como Fitosporin é divorciado

É importante preparar a solução corretamente.

O processamento de todo o site ficará sem problemas se a pasta e o pó forem adequadamente diluídos. O uso de Fitosporin é a chave para uma boa colheita, mas apenas para um jardineiro que adere a todas as recomendações (instruções para a ferramenta). Para mudas, é melhor produzir pó que se dissolve rapidamente na água. Independentemente da forma de liberação, para que as mudas sejam processadas sem problemas, a proporção correta de todos os componentes deve ser mantida:

  • 200 g de produto seco (pasta e pó);
  • 400 ml de água corrente purificada.

A água deve sempre ser 2 vezes mais que o componente seco. O processamento não é realizado sob condições adversas; caso contrário, o trabalho realizado não será de nenhuma utilidade.

Condições de diluição para pasta e pó

É importante onde e sob quais condições uma pessoa diluirá a droga (pasta e pó). Antes de derramar a maioria das mudas com um agente diluído, deve-se considerar o seguinte:

  • Temperatura ambiente. É impossível diluir a solução a uma temperatura acima de 35 ° C, porque os esporos de microorganismos benéficos simplesmente morrem. Temperaturas muito baixas (abaixo de 15 ° C) também prejudicam a composição ativa da solução.
  • Período de liquidação. Não vale a pena usar imediatamente a solução preparada: é melhor que a pasta ou o pó diluído permaneçam por várias horas.
  • É impossível diluir o fluido de tratamento de sementes ou mudas em recipientes antigos após produtos químicos: isso pode prejudicar apenas a cultura.

Se você produzir adequadamente massas para mudas e arbustos, poderá proteger facilmente os tomates de pragas e fungos. A rega e a pulverização são realizadas em etapas.

O jardineiro deve processar cuidadosamente cada local (com possíveis danos) e o solo adjacente. A pulverização não é realizada se as mudas infectadas mortas não forem removidas e ameaçarem a sombra noturna vizinha.

Fitosporina para cultivo

A fitosporina pode ser usada durante o plantio de tomates. Antes de semear, enquanto prepara o solo para as sementes, pode ser polvilhado com pó.

Para uma melhor penetração, você precisa dissolver o pó na água. A pulverização mostra os melhores resultados, mas se não houver tempo para preparar a solução, o pó também será útil.

As sementes preparadas podem ser embebidas no produto por 3 horas (um protetor de tomate universal melhora o efeito da rega e permite que você esqueça problemas como a fotofluorose ou a perna preta nas mudas por muito tempo). Apenas 4-5 gotas de uma substância com componentes vivos são adicionadas a um copo de água. Graças a este procedimento simples, as sementes serão fortes e rapidamente colocadas em crescimento ativo.

Antes de plantar mudas em terreno aberto, o sistema radicular das mudas é umedecido com um fluido protetor. Para os arbustos de tomate, use uma pistola de pintura. Você pode regar a planta em qualquer estágio do crescimento.

Solução Fitosporin-M

Preparações com esporos de bactérias vivas podem diferir na concentração de componentes ativos. A universal Fitosporin-M utiliza a cultura bacteriana Bicilus Subtilis, que é capaz de lidar com qualquer doença fúngica.

Para tomates (sementes e mudas), é útil uma suspensão aquosa de Fitosporin-M. As bactérias fungicidas que compõem o medicamento são imunomoduladoras do tomate.

Comentários jardineiros

Revisões de jardineiros experientes e avaliações de residentes de verão que enfrentam fungos e outras doenças serão úteis para todos: a solução de processamento é conveniente de usar e segura para a pele humana.

As análises sobre o Fitosporin para tomate ajudarão a determinar a forma do medicamento para iniciantes que não usaram anteriormente bactérias benéficas no combate a pragas e doenças. O líquido é usado em qualquer época do ano como um medicamento universal.

Conclusão

O medicamento Fitosporin irá proteger ou fortalecer a planta, prevenindo doenças perigosas. Se você seguir as instruções anexadas à ferramenta e processar o nightshade a tempo, poderá evitar consequências perigosas para o tomate.

Uma bactéria útil é a base do medicamento, que não prejudica as frutas futuras e, após o tratamento com Fitosporina líquida, o jardineiro poderá comer tomates como alimento ou vender a colheita após a colheita.

Recomendado

Teor de vitaminas na cenoura
2019
Descrição de Potato Assol
2019
Características variadas de noz-moscada abóbora Pearl
2019